Buscar Notícias
15/07/2015 Com dólar alto, brasileiros buscam viagens mais econômicas

São Paulo - Inflação pressionada e dólar valorizado têm sido a receita perfeita para o aumento da busca por viagens domésticas e pelo aluguel por temporada pelos brasileiros. 

Segundo o AlugueTemporada, representante brasileiro do grupo americano HomeAway, o número de usuários no site aumentou 64% na comparação entre junho de 2014 e junho de 2015.

A pesquisa Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem, realizada pelo Ministério do Turismo, também mostrou que, entre junho de 2014 e junho de 2015, aumentou a intenção do brasileiro de viajar pelo país em três das quatro faixas de renda analisadas pelo levantamento. 

Na faixa de renda familiar de até 2.100 reais, a intenção passou de 93,2% para 96%; para famílias com renda entre 4.801 reais e 9.600 reais, subiu de 67,4% para 70,5%; e na faixa de renda superior a 9.600 reais, a mais alta da pesquisa, a intenção passou de 42,9% para 51%. Apenas na faixa de renda entre 2.101 reais a 4.800 reais houve redução na intenção de viajar pelo Brasil, de 82,3% para 77,9%. 

O estudo também mostrou que as intenções de viagem para fora do país diminuíram entre as duas maiores faixas de renda. Entre os 46,9% dos entrevistados com renda superior a 9.600 reais que afirmaram que pretendem viajar em junho, 44,9% farão viagens internacionais, o que corresponde a 21,1% do total de entrevistados nessa faixa de renda, ante 24,9% no mesmo mês de 2014.

Entre os entrevistados da segunda maior faixa de renda, entre 4.801 e 9.600 reais, dos 23,1% que afirmaram pretender viajar, 26,4% têm intenção de viajar ao exterior, o que representa 6,1% do total de entrevistados nessa faixa de renda, contra 8,1% em junho de 2014.

Opções mais econômicas

Além do alto patamar do dólar, que atualmente está cotado a 3,35 reais (cotação do dólar turismo do dia 15/07), o aumento dos preços também tem levado brasileiros a buscar opções mais econômicas de viagem - economistas consultados pelo Boletim Focus do Banco Central acreditam que a inflação medida pelo IPCA chegue a 9,12% em 2015.

Isso se reflete não só no aumento da preferência por viagens domésticas, conforme mostra a pesquisa do Ministério do Turismo, como na busca por opções de estadia mais baratas, como é o caso do aluguel por temporada.

Lourdes Bravin, proprietária de uma casa em Riviera de São Lourenço, no litoral paulista, conta que o número de pessoas interessadas em alugar sua casa na praia tem aumentado. “Eu aluguei muito meu imóvel este ano e a minha clientela tem sido quase toda de viajantes brasileiros. Muitos comentam que estão preferindo viajar pelo Brasil por causa do preço. Todos estão achando muito caro sair do país”. 

Mozart Alves, diretor comercial da agência Heidelberg, que tem uma carteira com mais de 200 imóveis no Rio de Janeiro, também afirma que houve uma elevação da busca de casas por temporada com a valorização do dólar e também do euro.

"Brasileiros viajando dentro do país representam hoje em média 70% do movimento durante a baixa temporada. Na alta, este número fica em 50% com os turistas estrangeiros", afirma Alves.

Autor / fonte: exame.abril.com.br Link Relacionado: http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/com-dolar-alto-brasileiro-buscam-viagens-mais-economicas Tags: viagens, dólar, economia, brasileiros
Compartilhe: